Sistema Médico São Benedito realiza palestras e oficinas

DSC_0176
Algumas mulheres que participaram do evento prestaram depoimentos sobre como venceram a doença. Foto: Bruno Arib

 

Como forma de conscientizar e informar as moradoras de Biritiba Mirim sobre os riscos que o câncer de mama causa à saúde da mulher, o Sistema Médico São Benedito encerrou oficialmente a campanha Outubro Rosa com um megaevento que contou com palestra, depoimentos de superação e oficinas (manicure, cortes de cabelo, maquiagem, entre outras).

De acordo com o diretor administrativo do Sistema Médico, Adriano Teixeira Urizzi, o objetivo da iniciativa é prevenir e conscientizar a população para a questão dos fatores de risco da doença. “A nossa finalidade foi trabalhar o lado preventivo e consciente. Temos que mostrar às pessoas que é preciso fazer esta conscientização dentro de casa. Este evento é um pequeno processo do que pretendemos desenvolver aos poucos. Nós já realizamos um trabalho social entrelinhas, que faz muita diferença. Foi um grande desafio realizar este evento, mas recebemos a colaboração de comerciantes e o apoio da nossa assistente administrativa Natasha Delmicon”, ressaltou.

A ginecologista e palestrante Danysa do Nascimento afirmou que há um aumento na procura de procedimentos femininos nos meses de outubro e novembro, devido à campanha. “A cada 10 minutos é diagnosticado um caso de câncer de mama no Brasil. Pelas estatísticas, desde que iniciou a campanha houve uma diminuição do número de casos de quase 21% e o diagnóstico precoce identificado em mais de 20% das pacientes. Então percebemos que o movimento está conscientizando as mulheres. Pois, o mês com maior movimento de mamografia e procedimentos femininos é outubro e novembro”, disse.

Danysa já participou de diversos eventos em igrejas, empresas e academias. “Percebemos que alguns setores da sociedade estão preocupados com essa questão e querem conscientizar as pessoas que frequentam o local. Você pode até ter o câncer, mas se for diagnosticado um tumor de até três centímetros, o índice de cura passa dos 90%, e é isso que a população precisa saber”.

 

Superação

Algumas mulheres que participaram do evento prestaram depoimentos sobre como venceram a doença. Silvana Zugaib, que está em tratamento contra um câncer de mama, revelou as suas dificuldades e desafios para combater a doença. “Eu descobri a doença em maio deste ano e foi muito difícil, principalmente, porque estou vivendo uma fase muito importante da minha filha recém-chegada a nossa família. Mas o fato de ter sido descoberto cedo faz com que o resultado da quimioterapia seja mais eficaz. Por mais doloroso que seja o tratamento, eu só procuro pensar que é uma fase e logo tudo voltará ao normal”, contou.

 

Novembro azul

O Sistema Médico São Benedito já iniciou a campanha Novembro Azul, dedicada à conscientização na luta contra o câncer de próstata, passando a promover um mês inteiro de mobilizações focadas na saúde do homem.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *